Com tradição e cultura, a distribuição da Chama Crioula para os municípios da 9ªRT marcaram o início dos Festejos Farroupilha

O Município de Tupanciretã recebeu a missão de recepcionar os municípios da 9ª Região Tradicionalista que vem em busca da Chama Crioula – a centelha dos Festejos Farroupilha no RS, a missão foi acolhida com muita satisfação pelo Executivo Municipal. Desde então, a Secretaria de Esporte, Cultura e Lazer foi incumbida de organizar este evento regional, e contou com o apoio e mobilização das Secretarias, como a do Desenvolvimento Rural, Industrial e Comercial, a da Fazenda e a do Meio Ambiente, além da 9ª RT.

O Complexo Tupanciretã foi o local escolhido para este momento especial, e até a data do evento, o espaço, conquistado a pouco tempo pelo Executivo Municipal, passou por reformas para a acolhida dos cavalarianos da região.

Desde o dia 12 de agosto, a Cavalgada de Condução da Chama Crioula da 9ª RT cavalgava de Mostardas em direção à Tupanciretã, foram mais de 730 km percorridos, chegando no CTG Tapera Velha no dia 6 de Setembro, e à tardinha do dia 7 de Setembro, após o Desfile Cívico, o Grupo dos 8, composto por cavaleiros de Tupanciretã, sendo eles, José Francisco Salles, Valdoir Peixoto de Moraes, Adroaldo de Miranda Barcelos, Carlos Augusto Brum de Souza, Luis Rodrigues Jardim, Carlos Alberto Machado da Luz, Aldo Silveira Brum e Eroni Cortes Barcelos, cavalgaram para a Praça Coronel Lima fazendo o retorno em direção ao Complexo Tupanciretã, carregando a Chama Crioula, dando início as festividades de distribuição da Chama Crioula para a 9ª RT.

Contando com o apoio da Entidade Nativista Taquarembó, que assumiu as refeições durante o evento, o Executivo Municipal, através da Secretaria de Esporte, Cultura e Lazer organizaram a 1ª Mostra Cultural da Cavalgada da Chama Crioula, com a apresentação artística de diferentes entidades de Tupanciretã, além da realização de oficinas dedicadas a temas da cultura gaúcha para alunos de escolas que visitaram o Complexo Tupanciretã, no final de semana do evento, assuntos como encilhar um cavalo, dança, culinária, história, explanação da época das carretas, foram alguns dos assuntos.

Houve a solenidade de reconhecimento aos cavaleiros e apoiadores da Cavalgada de Condução da Chama Crioula, dos 737 km percorridos, na oportunidade foi entregue um certificado de agradecimento pela participação. Atividades como tertúlia livre, apresentações artísticas fizeram parte continuamente da programação da Distribuição da Chama Crioula.

No dia 10 de setembro, houve o encerramento com a solenidade de Distribuição da Chama Crioula entre os 22 municípios que estavam presentes, para levar a Centelha Farroupilha, um a um, acendendo o seu candeeiro, levando a Centelha Farroupilha para sua cidade de origem.

As autoridades em seus discursos, predominava o agradecimento e o reconhecimento pelo valoroso esforço dos cavalarianos, esforço dos envolvidos para fazer deste evento o sucesso que foi. Fizeram o seu pronunciamento, o Coordenador da Cavalgada, João Pedro Santos Neto, Diretor Campeiro, Valdoir Peixoto, Coordenador da 9ª RT, Jorge Malheiros, a Secretária de Esporte, Cultura e Lazer, Janete Secchi e o Prefeito Municipal, Carlos Augusto Brum de Souza.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Data de publicação: 12/09/2017

Créditos das Fotos: Assessoria de Imprensa Cassiele Loureiro

Compartilhe!