A compactação de todo o isopor estocado no Ecoponto teve início nesta quarta-feira, dia 10, no Complexo Tupanciretã, ainda tem mais cinco dias para finalizar o trabalho.

Os resíduos de isopor produzido em Tupanciretã e que estavam armazenado no Ecoponto estão com destinação encaminhada. Preocupados com o Meio Ambiente e também com o descarte deste material, que a Administração Municipal conseguiu em comodato com a empresa Santa Luzia, a máquina de compactação de isopor, que retira todo o ar do isopor reduzindo o seu tamanho, formando borras de poliestireno, facilitando assim a sua logística de destinação.

A compactação de todo o isopor estocado no Ecoponto teve início nesta quarta-feira, dia 10, no Complexo Tupanciretã, ainda tem mais cinco dias para finalizar o trabalho.

A Indústria Santa Luzia, de Santa Catarina, é a única empresa do Brasil com capacidade de transformar grandes quantidades de resíduos plásticos em várias linhas de produtos, como rodapés, rodatetos, guarnições, rodameios, revestimentos.

Data de publicação: 10/07/2019

Compartilhe!