As ações educativas identificam condições institucionais que possibilitam o reconhecimento e resolução de problemas, promovendo protocolos e mudanças quando necessário.

Na tarde de 24 de outubro, o NEPES – TUPANCIRETÃ, teve a sua primeira capacitação em saúde organizando o II CURSO DE ATUALIZAÇÃO EM CUIDADOS OBSTÉTRICOS DO HOSPITAL DE CARIDADE BRASILINA TERRA (HCBT). Foi ministrada a primeira palestra “Admissão da Gestante e Partograma”, pela enfermeira obstetra do Hospital Casa de Saúde e mestranda em Saúde Materno Infantil (UFN), Enf. Andressa Ávila Melo, no auditório do Hospital de Caridade Brasilina Terra. Serão 9 encontros mensais, abordando temas referentes as principais mudanças nos protocolos da assistência obstétrica e respondendo as demandas dos professionais e usuários, e dos novos estudos baseados em evidências científicas na área da saúde materno infantil. As palestrantes fazem parte do programa de residência em Enfermagem Obstétrica da UFN, enfermeiras obstetras egressas e mestrandas em Saúde Materno Infantil da mesma instituição.

 

A capacitação dos profissionais da saúde é um processo permanente e continuado. Tem que ser repensada e questionada durante a sua rotina diariamente, como eixo do processo educativo, fonte de conhecimento e como objeto de transformação que privilegia a participação coletiva e interdisciplinar.

As ações educativas identificam condições institucionais que possibilitam o reconhecimento e resolução de problemas, promovendo protocolos e mudanças quando necessário.

O Ministério da Saúde (MS) preconiza a educação continuada em saúde como norteadora das políticas públicas. Apresenta a educação e qualificação permanente como proposta de ação estratégica, capaz de contribuir para a inovação dos processos de formação das práticas  pedagógicas  e  assistenciais, melhorando a  organização dos serviços, facilitando a visualização dos modelos da saúde pública em suas  várias  esferas,  desde as instituições formadoras até os entes responsáveis pela saúde pública, tanto Municipal, Estadual quanto Federal.

A proposta da ação: “Semeando Conhecimento”, é constituída por atividades voltadas à Saúde Materno Infantil no âmbito da educação em saúde no município de Tupanciretã, sendo implementada pela ESTRATÉGIA SEMEAR, uma tecnologia social que inclui o desenvolvimento e implantação de um conjunto de ações para as demandas mais urgentes em saúde materno infantil do município. Esta tecnologia faz parte do trabalho de conclusão do curso de Mestrado Profissional em Saúde Materno Infantil (UFN) da médica Maria Luisa Suárez Gutiérrez Cella. Iniciou com a criação do Núcleo de Educação Permanente em Saúde, o NEPES – TUPANCIRETÃ,  que articula diferentes  níveis de atenção em saúde do município. O NEPES é composto por uma equipe multidisciplinar da área da saúde do município, promovendo práticas de capacitação profissional na perspectiva da educação permanente.

A participação das equipes de profissionais nestas atividades visa uma nova re-estruturação dos serviços de saúde e de educação continuada,  em  conformidade  com  o  Sistema  Único  de  Saúde  (SUS) e  atuais  exigências  pedagógicas.

A promoção de tais atividades promove o debate, gera conhecimento, e aprimora a dinâmica de trabalho em grupo, gerando assim um melhor fluxo de trabalho para todos, onde o maior beneficiário é o paciente.

Data de publicação: 28/11/2019

Compartilhe!