O programa é voltado ao Planejamento Familiar da às famílias a liberdade de escolha livre e consciente de sua quando e quantos filhos querem ter.

Na manhã desta quinta-feira, dia 4, A Secretaria de Saúde deu início ao programa de Planejamento Familiar, dando às mulheres a possibilidade de utilizar métodos contraceptivos menos invasivos, de menor impacto no metabolismo, como implantes subcutâneos.

O programa é voltado ao Planejamento Familiar, que muda vidas, dá dignidade e ajuda no resgate da cidadania, levando a melhoria da qualidade de vida das pessoas, dando às famílias a liberdade de escolha livre e consciente de quando e quantos filhos querem ter.

A equipe de saúde envolvida com o programa foi o Dr. Ricardo Severo e a enfermeira Charlene Von Ende, que atenderam as 20 mulheres que tiveram acesso ao planejamento Familiar.

Segundo o protocolo de implante do método contraceptivo – Implante Subcutâneo de Etonogestrel, são beneficiadas mulheres e adolescentes em situação de extrema vulnerabilidade social, que aceitaram por livre e espontânea vontade receber o método.

O programa é uma parceria da prefeitura municipal com a ONG Brasil Sem Grades e tem como base a Lei Estadual 15.590, de autoria do Deputado Estadual, Dr. Thiago Duarte, que esteve presente na colocação dos implantes.

Data de publicação: 05/11/2021

Compartilhe!